Cirurgia bariátrica x tratamento com balão intragástrico: Quais as diferenças?

Quem nunca, ao menos uma vez na vida, pensou em emagrecer? Segundo o Ibope, esse é o desejo de 2 a cada 3 pessoas. Mas, existem pessoas que tem necessidade de perder peso, por causa da saúde e qualidade de vida.

Existem dois tratamentos voltados para essas pessoas, um é a cirurgia bariátrica e outra é a colocação do balão intragástrico. Afinal, qual a diferença entre os dois métodos de emagrecimento?

 

Cirurgia bariátrica

A Gastroplastia, também conhecida como cirurgia bariátrica, cirurgia da obesidade ou ainda a cirurgia de redução do estômago, é um procedimento cirúrgico indicado para pessoas com IMC cima de 35kg/m², conforme recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS).

É uma cirurgia e demanda uma avaliação rígida para a aprovação médica de adesão ao tratamento, além de requerer anestesia e internação. Apesar de cada caso precisar ser avaliado individualmente, todo paciente que irá realizar a cirurgia deve ser submetido a uma avaliação clínico-laboratorial pré e pós-cirúrgica. Algumas pessoas também podem precisar de uma avaliação psicológica.

Existem quatro técnicas diferentes de realização da cirurgia bariátrica reconhecidas pelo Conselho Federal de Medicina (CFM), cada uma delas tem um nível de complexidade e risco, mas todas envolvem sedação, cortes e suturas, havendo o cuidado com a cicatrização.

 

Balão intragástrico

Por outro lado, pessoas com IMC a partir de 27kg/m² podem ser candidatas ao tratamento com o Balão Intragástrico, também chamado de balão gástrico ou balão de estômago.

O sistema de emagrecimento do balão intragástrico não é um procedimento cirúrgico, mas sim ambulatorial endoscópico e pode requerer sedação leve em alguns casos, mas não é necessária a internação.

Apesar disso, após a consulta com o médico e feita a escolha por este tipo de tratamento, o paciente também precisará passar por alguns exames e uma endoscopia previa, com o objetivo de eliminar riscos.

A colocação do balão não envolve cortes e todo o processo pode durar de 20 a 30 minutos apenas e o paciente é liberado após algumas horas de observação. Cheio, o balão ocupa parte do estômago do paciente, volume que pode ser ajustado ao longo do tratamento.

 

Acompanhamento profissional multidisciplinar

Mas, seja qual for a sua necessidade, ter o acompanhamento de uma equipe multidisciplinar formada por educadores físicos, nutricionistas e psicólogos que, sob a supervisão do médico, é fundamental para que ocorra uma mudança efetiva de hábitos, que acarretarão não só a perda de peso necessário, mas também a manter o peso ideal.

 

Como escolher o método ideal?

Apenas um médico pode avaliar e indicar, caso a caso, qual procedimento é o mais indicado. Ou seja, uma avaliação médica é imprescindível para esta escolha.

Sem comentários

Comentar

Website Security Test