Obesidade e câncer de mama: uma relação perigosa

Mulheres acima de 40 anos devem se submeter a mamografia de rotina anualmente, segundo a Sociedade Brasileira de Mastologia

Por Dr. Marcius Vinícius

 

A obesidade está relacionada a uma serie de doenças. Algumas são mais conhecidas como a hipertensão, diabetes e colesterol alto. Mas existem outras que também possuem relação com a obesidade e dentre elas está o câncer, tão temido entre a população, e mais especificamente o câncer de mama que atinge, no Brasil, aproximadamente 30% das mulheres, com 59.700 casos em 2018.

Alguns exames são considerados essenciais para o diagnóstico precoce do câncer de mama. O autoexame, por exemplo, deve ser realizado periodicamente pelas mulheres sempre que se sentirem confortáveis, durante o banho ou em frente ao espelho, sem que haja qualquer recomendação médica específica, com o objetivo de descobrir, casualmente, pequenas alterações mamárias. Caso isso aconteça, é preciso buscar um mastologista.

Outros exames como a ultrassonografia e mamografia são sugeridos pelo médico, normalmente ginecologista ou mastologista, para o rastreamento da doença. A mamografia de rotina é indicada para mulheres acima dos 40 anos anualmente, segundo orientações da Sociedade Brasileira de Mastologia. Quando diagnosticado precocemente, o câncer de mama tem 90% de chance de cura.

Passando do rastreamento e falando um pouco sobre a prevenção, temos que nos atentar para a obesidade. Muitas pessoas não pensam a doença como um fator de risco do câncer, mas, infelizmente, a relação existe. Isto porque quando a pessoa está obesa, há alterações hormonais que pré-dispõem lesões cancerígenas. Inclusive, mulheres que passam pelo tratamento do câncer de mama são orientadas à perda de peso, pois a gordura interfere nos resultados do tratamento, pois ela serve como estímulo ao câncer. Esta relação é válida principalmente para mulheres na pré e pós menopausa.

 

Algumas dicas para prevenir a obesidade:

  • Preste bastante atenção em sua alimentação diária. Prefira sempre alimentos naturais aos enlatados.
  • Evite os carboidratos refinados (açúcares e farinha branca), pois sua absorção pelo organismo é rápida que, por sua vez, não consegue excretá-los tão rapidamente. Assim, estes carboidratos ficam acumulados no corpo, gerando as gorduras que causam inflamações e produzem doenças.
  • Opte pelos carboidratos mais saudáveis como frutas e alimentos integrais (dão saciedade prolongada além de ter fibras).
  • Faça atividade física periodicamente. É preciso ter enfrentamento e perseverança para conseguir criar este hábito. A atividade física libera energia, o que impede o acúmulo de gordura no organismo. Opte por exercícios físicos moderados por pelo menos 150 minutos por semana.
  • Não seja impulsivo com a comida. Caso te dê muita vontade de comer “besteira”, marque trinta minutos no relógio. Perceba que, muitas vezes, a vontade passa, pois era apenas um momento crítico de ansiedade.

 

A luta para manter um corpo saudável é diária e as nossas escolhas são fundamentais neste processo. Caso esteja acima do peso, procure um médico especializado que possa lhe ajudar. Também no caso de qualquer suspeita do câncer de mama, não hesite e agende um consulta com o mastologista para uma avaliação.

Tratamento de doenças do refluxo com endoscopia

Tratamento moderno e minimamente invasivo para doenças do refluxo, o Stretta é pioneiro nessa área vem beneficiando pacientes no mundo inteiro. Stretta é uma sonda introduzida no esôfago com auxílio do aparelho de endoscopia. Por meio da radiofrequência, ocorre o estímulo para tonificar a...

Leia Mais

Tudo sobre IMC

O IMC ou Índice de Massa Corporal é o padrão internacional de cálculo da obesidade de um indivíduo adotado pela OMS (Organização Mundial da Saúde), tendo como base a relação entre peso e altura. Por ser um método simples, pode ser feito por qualquer...

Leia Mais

Emagrecer com Balão Intragástrico é mais fácil?

Emagrecer definitivamente não é uma empreitada fácil, tampouco simples. Manter o peso ideal talvez seja ainda mais desafiador. Entretanto, com os avanços da ciência e da medicina e o desenvolvimento de novas tecnologias, as pessoas que precisam emagrecer ganharam um grande aliado, o Balão...

Leia Mais

Dicas de como deixar as festas de fim de ano mais saborosas e saudáveis

As festividades de final de ano se aproximam e isso significa que banquetes memoráveis são servidos para celebrar as boas novas e o ano que começa! E, apesar de deliciosos, os pratos clássicos desta época são, muitas vezes, bastante calóricos. Pensando nas pessoas que...

Leia Mais

Mastigue bem e emagreça – Saiba como!

Se sua refeição dura no máximo 20 minutos, você precisa rever seu processo de mastigação. Isso por que, mastigar bem contribui no processo de emagrecimento, manutenção de peso e boa digestão. A rotina conturbada pode nos induzir a acelerar os momentos de refeição, mas...

Leia Mais

A redução de estômago por endoscopia não pode ser comparada à uma cirurgia bariátrica

Amplamente veiculada na mídia a tal GASTROPLASTIA ENDOSCÓPICA, que se propõe a reduzir o estômago, não pode e nem deve ser comparada com qualquer cirurgia bariátrica, especialmente com a gastrectomia vertical (SLEEVE), seja nos resultados, seja nos riscos, seja na escolha do paciente, seja...

Leia Mais

Tudo o que você precisa saber sobre Gastroplastia Endoscópica

A Gastroplastia Endoscópica é um procedimento realizado por meio de endoscopia, na qual é usado um aparelho que faz uma sutura no estômago, reduzindo o estômago. Se assemelha à redução de estomago, mas como é realizado por endoscopia, todo o processo é sem cortes,...

Leia Mais

Cirurgia bariátrica x tratamento com balão intragástrico: Quais as diferenças?

Quem nunca, ao menos uma vez na vida, pensou em emagrecer? Segundo o Ibope, esse é o desejo de 2 a cada 3 pessoas. Mas, existem pessoas que tem necessidade de perder peso, por causa da saúde e qualidade de vida. Existem dois tratamentos...

Leia Mais