GO - (62) 3945-1020 / GO - (62) 9928-0078

SAIBA TUDO SOBRE O TRATAMENTO COM O BALÃO INTRAGÁSTRICO DE UM ANO

Passo a Passo do Tratamento com Spartz3

A informação é o melhor aliado da saúde. Informe-se sobre o passo a passo do tratamento com o Balão Intragástrico de um ano e tire dúvidas com o seu médico de confiança.

  1. Avaliação com o médico

Uma das maneiras mais simples de saber se você está acima do peso – e, portanto, deve começar a se preocupar em emagrecer por motivos de saúde – é calcular o seu Índice de Massa Corporal (IMC).

O IMC é uma medida utilizada para identificar a sua margem de peso saudável, conforme sua altura. O IMC acima de 27kg/m² é um alerta para a sua saúde e a primeira atitude recomendada é procurar um médico. Aprenda a calcular o seu IMC aqui.

Caso o seu IMC esteja realmente acima de 27kg/m², é importante se consultar com um médico que avalie o caso para recomendar ou não o tratamento com o Balão Intragástrico de um ano, que serve como um estímulo para o emagrecimento e, associado à reeducação alimentar, pode oferecer resultados surpreendentemente rápidos e de longo prazo. O procedimento reduz a capacidade do estômago, provocando a perda de apetite e saciedade, auxiliando no emagrecimento.

  1. Exames clínicos e Laboratoriais

Após a consulta com o médico e a decisão tomada, será preciso realizar alguns exames que garantam a segurança do paciente, eliminando riscos. Por meio dos exames indicados pelo médico e do histórico hospitalar, é possível identificar se o paciente possui alguma contraindicação ao uso do Balão Intragástrico de um ano. O médico pode contraindicar pacientes que já tenham feito alguma cirurgia gástrica ou que possuam atualmente úlcera péptica, hérnia hiatal significativa, problemas de coagulação do sangue, esofagite grave, uso crônico de antiinflamatórios, alcoolismo ou algum outro problema que possa ser agravado pela colocação do balão. Por este motivo, é muito importante que seja realizada uma endoscopia prévia.

  1. Colocação do Spatz via endoscopia

Assim que o paciente for liberado para o tratamento, agenda-se a colocação do Balão Intragástrico de um ano por meio de um procedimento ambulatorial simples e sem cirurgia: a endoscopia. O balão é inserido pela boca até o estômago sem cortes e todo o processo pode durar de 20 a 30 minutos, apenas.

  1. Ajuste do Spatz via endoscopia

O balão intragástrico Spatz3 é o único do mercado brasileiro que é ajustável em volume e com permanência de um ano no estômago do paciente. O sistema exclusivo do Spatz3 permite que o médico aumente o volume do balão em um procedimento ambulatório de 15 minutos, aumentando a eficácia do tratamento.

Isso permite que o médico opte por iniciar com um volume baixo, até que o paciente se adapte ao tratamento, de maneira confortável e com o mínimo possível de efeitos indesejáveis. Após a completa adaptação do paciente, o médico pode aumentar o volume aos poucos, garantindo um emagrecimento gradual e progressivo.

  1. Retirada do Spatz

Após 12 meses de tratamento com acompanhamento médico e reeducação alimentar, chega o momento da retirada do balão. Realizada por meio do mesmo procedimento ambulatorial e sem cirurgia, a endoscopia é indolor e sem cortes. O paciente recebe alta poucas horas após o processo, que dura aproximadamente 20 minutos.

Informativo: o Balão Intragástrico não é um Procedimento Cirúrgico

Cenário Ideal para um tratamento eficiente e eficaz

O cenário ideal para que o tratamento com o Balão Intragástrico Spatz3 tenha sucesso é, além do acompanhamento médico frequente, a orientação de profissionais com expertises específicas, porém complementares. A este time de profissionais damos o nome de Equipe Multidisciplinar:

Nutricionista: ao longo do tratamento com o balão intragástrico, o nutricionista ensina a escolher, preparar e combinar alimentos que ofereçam saciedade e prazer para refeições mais nutritivas e menos calóricas.

Psicólogo: para ajudar o paciente a manter-se engajado e comprometido com o tratamento, o psicólogo é capaz de tratar suas inseguranças, ansiedade e medos. Terapeutas alternativos também podem oferecer saídas para questões emocionais que estejam prejudicando o processo de emagrecimento.

Educador físico: exercitar-se sem o acompanhamento de um profissional de educação física pode ser muito perigoso. Isto porque os exageros e a ausência de um planejamento podem ser muito piores do que o sedentarismo. Para evitar riscos de contusões, desidratação, problemas crônicos de coluna, entre outras adversidades associadas à prática de atividade física sem controle, o paciente deve procurar esta orientação.

Para saber mais sobre o tratamento de sobrepeso e obesidade com o Balão Intragástrico Spatz3, continue acompanhando o Canal Spatz e pergunte ao seu médico de confiança os benefícios deste método.